Fisioterapia Respiratória

fisiot respiratóriaFisioterapia respiratória é uma especialidade fisioterapêutica responsável pela prevenção e tratamento de todas as doenças que acometem o sistema respiratório, entre elas, a asma, a tuberculose, a insuficiência respiratória aguda e crônica, a fibrose cística, a bronquiectasia, entre outras. O fisioterapeuta respiratório deverá exercer sua profissão no domicílio do paciente, em clínicas, ambulatórios, hospitais, no pré e pós operatório de cirurgias em geral, na unidade de terapia intensiva (UTI) e em centros de assistência médica.

A fisioterapia respiratória tem por meta melhorar o suporte de oxigênio ao organismo, melhorar a função respiratória através da desobstrução das vias respiratória por meio da eliminação de secreções e aumentar a capacidade de ventilação dos pulmões, por meio de aparelhos apropriados como por exemplo: o flutter, o nebulizador, aparelho para oxigenoterapia, aparelho para ventilação mecânica, tubo nasotraqueal (traqueóstomo), entre outros.

Os exercícios respiratórios são indispensáveis para a melhora da respiração e mobilização da musculatura peitoral, responsável pelo bom funcionamento da respiração. Quando o paciente encontra-se entubado (respirando com a ajuda de aparelhos), na unidade de terapia intensiva, é mais que necessária a presença do fisioterapeuta respiratório.

FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA EM NEONATOLOGIA E PEDIATRIA:

Quando há necessidade, o fisioterapeuta respiratório deverá estar presente, porque recém nascidos e crianças estão sujeitos às doenças respiratórias, entre elas a pneumonia, bronquiolite, bronquite, asma, com a finalidade de melhorar as trocas gasosas e a respiração dos mesmos.

A fisioterapia respiratória vem atuando no tratamento de pacientes com alterações pulmonares agudas e crônicas de todas as idades.

No início do tratamento, deverá ser feita uma avaliação completa do paciente, para depois aplicar as técnicas com seus objetivos, indicações, contra-indicações, com a finalidade de conseguir resultados favoráveis à recuperação do paciente.

FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA EM AMBULATÓRIO:

A fisioterapia respiratória ambulatorial é realizada nas clínicas, com a finalidade de tratar de doenças crônicas como a asma e doenças cardíacas. Dependendo da orientação do médico, o tratamento deverá ser realizado 1 a 2 vezes por semana por um período indeterminado.fisio resprt 1.jpg 2

FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA EM HOSPITAL:

No hospital, o fisioterapeuta atende ao paciente na enfermaria, a fim de tratar os problemas respiratórios e diminuir seu tempo de restrição ao leito, devendo ser realizado ao menos 2 vezes por semana.

FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA (UTI):

Na unidade de terapia intensiva (uti), a fisioterapia respiratória atua na manutenção das funções respiratórias vitais, com a finalidade de prevenir e tratar as doenças cardiopulmonares e alterações do sistema circulatório, diminuindo o risco de complicações e o tempo de restrição ao leito. É também de responsabilidade do fisioterapeuta respiratório supervisionar o suporte ventilatório através da oxigenoterapia e ventilação mecânica instalados.

[youtube]http://youtu.be/BP0uq-AqBkw[/youtube]

Fonte: Tua saúde

Imagens: Bing.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *