Cuidados Paliativos

O que são Cuidados Paliativos

Os cuidados paliativos foram idealizados só para tratamento oncológico, mas atualmente incluem toda doença que interfira na manutenção da vida, por se apresentar progressiva ou sem perspectiva de cura.

É importante esclarecer que os cuidados paliativos não devem ser apenas empregados quando não existe mais condições de tratamento para a enfermidade e o paciente se encontrar em fase terminal. A principal meta dos cuidados paliativos é preservar a qualidade de vida dos doentes e sua família através da prevenção e alívio da dor.

Objetivos dos Cuidados Paliativos:

  1. Aliviar a dor e demais sintomas.
  2. Preservar a vida e analisar a morte como um acontecimento natural.
  3. Não adiantar nem retardar a morte.
  4. Interagir com as atitudes psicológicas e espirituais visando o tratamento do doente.
  5. Oferecer um sistema de apoio que dê condições ao paciente de viver ativamente, até seu final.
  6. Oferecer apoio para ajudar os familiares dos pacientes no decorrer da doença e prepará-los para o possível luto.
  7. A equipe multiprofissional deverá se concentrar nas necessidades dos pacientes e familiares, inclusive acompanhá-los após sua morte.
  8. Proporcionar mais qualidade de vida e incentivar o pensamento positivo.
  9. Os cuidados paliativos devem ser iniciados o mais rápido possível, junto com outras medidas. visando prolongar a vida, como a quimioterapia e a radioterapia, e investigar as situações necessárias que melhor compreendem e controlam situações clínicas de estresse.

Existem formas de tornar as situações mais confortáveis para o paciente e seus familiares. A forma humana do tratamento está na maneira como a equipe avalia e aplica o cuidado terapêutico nas esferas emocional, física, social e espiritual, ficando todas essas esferas harmonizadas para que o paciente se sinta bem.

Os cuidados paliativos são feitos em hospitais ou no domicílio. Para cada fase da enfermidade e do tratamento, a equipe interprofissional irá avaliar o local mais adequado para a assistência ocorrer.

*A família deve receber o suporte necessário, para que todos se sentam melhor e mais confortáveis com a nova rotina fixada.

*Os sintomas do paciente devem ser avaliados em rotina, para que isso possibilite que ele não tenha grandes impactos no seu dia a dia e conscientizar a família para a necessidade do acompanhamento nessa nova situação.

*Os cuidados paliativos ocorrem de forma integrada e toda a equipe médica e multiprofissional exercem funções muito importantes. Médico, enfermeiro, assistente social, farmacêutico, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo, nutricionista, educador físico e assistente espiritual devem trabalhar juntos na buscando melhorias no cotidiano do paciente e de seus familiares.

Procure se informar onde existe esse tipo de tratamento para ser oferecido. 

Formação dos Cuidados Paliativos

Os cuidados paliativos são formados por psicólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, médicos e assistentes sociais que se reúnem em períodos determinados e têm como meta, colaborar para o melhor tratamento do paciente, com o objetivo de prevenir e o sofrimento no decorrer do tratamento. Os membros que compõem a equipe também contribuem na divulgação de esclarecimentos e produção de materiais didáticos.

Fonte: Pesquisa online.

Imagens: Google.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *