Dengue, Chikungunya e Zika Vírus

mosquito dengueINTRODUÇÃO: O Brasil está vivendo uma epidemia de dengue com cerca de 780 mil casos este ano. Porém esta doença não é a única que é transmitida pelo mosquito aedes aegypti que tem ocasionado muita preocupação às autoridades brasileiras.

Ultimamente, o Brasil também passou a registrar mais duas doenças transmitidas pelo mesmo mosquito, com alguns sintomas parecidos com os da dengue e recebem nomes exóticos de chikungunya e zika. As doenças são diferentes.

DENGUE: Das três doenças é a mais conhecida e mais presente no Brasil, que vive no presente momento uma epidemia da doença com cerca de 380 casos para cada 100 mil habitantes, registrados há alguns meses atrás. Sua transmissão é feita pela picada do mosquito aedes aegypti.

SINTOMAS DA DENGUE: Febre alta, com duração de 2 a 7 dias, dor de cabeça, dores em todo o corpo e nas articulações, desânimo, restrição ao leito, fraqueza, dor nos olhos, erupção, prurido na pele. Nos casos mais graves, o doente poderá apresentar sangramentos no nariz e gengivas, dor abdominal, vômitos frequentes, sonolência, irritabilidade, hipotensão náuseas e tonturas. Em casos gravíssimos, a dengue poderá ocasionar óbito.

TRATAMENTO DA DENGUE: A pessoa que apresentar suspeita e os sintomas da dengue deverá procurar imediatamente atendimento médico, que vai recomendar repouso, beber bastante líquido. Não existem remédios para combater a dengue, sendo sempre importante procurar um médico.

chikungunyaCHIKUNGUNYA: Até abril deste ano foram registrados mais ou menos 1738 casos de chicungunya. Os casos que primeiro apareceram no Brasil foram em setembro de 2014 em Oiapoque, no Amapá. Antes de aparecerem esses casos aqui no Brasil, já haviam sido constatados casos de pessoas que contraíram a virose fora do Brasil. O nome chikungunya é de origem africana e significa aqueles que se dobram. Refere-se à postura dos doentes que se dobram devido às fortes dores nas articulações, provocadas pelo aedes aegypti.

TRANSMISSÃO: É transmitida pelos mosquitos aedes aegypti (presente em áreas urbanas) e aedes albopictus (presente em áreas rurais).

SINTOMAS: O sintoma principal da shikungunya é a dor nas articulações das mãos e pés, que é mais forte do que nos sintomas da dengue; Fora esse sintoma, ocorrem febre repentina (acima de 39 graus), dor de cabeça, dores musculares e manchas vermelhas na pele. Mais ou menos 30% dos casos não apresentam esses sintomas. De acordo com o Ministério da Saúde, raramente ocorrem óbitos.

TRATAMENTO: Semelhante aos casos de dengue, não existe tratamento específico para a chikungunya. Recomenda-se repouso absoluto e consumo de bastante líquido. Não é aconselhável o uso de ácido acetil salicílico (AAS) devido ao risco de hemorragia.

ZICA VÍRUS: Não se tem certeza se a zica foi constatada na Bahia, não há confirmação. Suspeita-se que ela tenha sido trazida para o Brasil no período da copa do mundo.

SINTOMAS: O vírus da zika não é tão forte em comparação com o da dengue e da chikungunya, apresentando os pacientes sintomas alérgicos. Os demais sintomas são parecidos com os da dengue e chikungunya: febre, dores e manchas no corpo, podendo apresentar também diarreia e conjuntivite. Ocasiona comprometimento naurológico em recém nascidos, provocando microcefalia.

TRATAMENTO: Igual às outras viroses, o tratamento se baseia em repouso, injestão de líquidos e remédios que aliviem os sintomas e que não contenham ácido acetil salicílico (AAS).

12347687 1125921527426462 4822467543375404809 n

Fonte: Pesquisa online

Imagens: Bing

Imagem de Amostra do You Tube

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *